Força Tática prende trio e apreende arma de fogo e drogas em Fortaleza

4 de dezembro de 2019 - 09:21 #

Três homens foram presos, na madrugada dessa terça-feira (3), durante abordagem realizada por uma equipe da Força Tática (FT) da Polícia Militar do Ceará (PMCE), no bairro Pan-Americano, Área Integrada de Segurança 5 (AIS 5). O trio é suspeito de furtar uma mulher, no interior de um estabelecimento comercial. Com eles, foram encontradas uma arma de fogo, drogas e outros materiais ilícitos, além do aparelho celular furtado da vítima. O caso foi encaminhado para o 11º Distrito Policial (DP) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), onde foi instaurado procedimento referente ao ocorrido.

Os policiais estavam em patrulhamento, quando foram acionados para atenderem a uma ocorrência em um restaurante situado na Rua Rio Grande do Sul. Segundo denúncia, uma mulher teve seu celular furtado no interior do estabelecimento. No local, os militares realizaram buscas e abordaram três indivíduos em atitude suspeita, identificados como Antônio Gildson Carneiro de Aguiar (19), Francisco Elvis Lino de Moura (27) e Gustavo Soares da Silva (19).

Durante a revista, os agentes de segurança encontraram um revólver calibre 38, carregado com seis munições intactas; e uma quantidade de maconha, já pronta para a venda. A arma e a droga estavam em poder de Francisco Elvis, que possuía antecedentes criminais por tráfico de drogas. Dando sequência à busca, os militares acharam com Gustavo Soares: 22 trouxinhas de maconha, vários saquinhos de dindim e R$50,00 em dinheiro, valor furtado da denunciante. Já Antônio Gildson, apontado como a pessoa que estava ao lado da bolsa furtada foi flagrado no momento em que tentava se desfazer do celular da vítima, que foi recuperado durante a ofensiva policial.

Com base no que foi encontrado, foi dada voz de prisão ao trio. Eles e o material apreendido foram levados para o 11º DP, onde foram autuados por porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, furto e associação criminosa. Os bens tomados da vítima foram restituídos.

FONTE: SSPDS