Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Polícias Civil e Militar apreendem três armas de fogo e capturam grupo suspeito de homicídio na AIS 12
Qui, 08 de Fevereiro de 2018 08:05


Uma ação conjunta da Polícia Civil do Ceará (PCCE) e da Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE) resultou, hoje (07), nas capturas de cinco pessoas envolvidas no homicídio de José de Freitas Soares, conhecido como "Bil", no município de Guaiúba - Área Integrada de Segurança 12 (AIS 12). Entre os envolvidos no crime, realizado ontem (06), está um adolescente de 17 anos, sem antecedentes. Foram apreendidas com o grupo três armas de fogo, munições e drogas.

De acordo com investigações, a vítima fazia parte de um grupo criminoso, por isso um grupo rival, resolveu executá-lo. Os policiais saíram em diligência e, chegando a um local conhecido como Sem Terra - no bairro Água Verde, avistaram dois indivíduos armados numa espécie de barricada.


Durante abordagem policial, houve troca de tiros e a composição conseguiu render os infratores. Foi repassado aos agentes de segurança, que eles estavam protegendo outros indivíduos responsáveis pela morte de José de Freitas. Os policiais se dirigiram até a residência onde os suspeitos se encontravam e conseguiram capturá-los.

Foram capturados: um adolescente - sem antecedentes - com um revólver calibre 38; Francisco Alberto da Costa Vidal (21), sem passagem, com uma pistola 380; José Aristeu de Silva Souza (20), com passagem por receptação e roubo; Raimundo Nonato da Silva Evangelista, que responde por tentativa de homicídio; e Francisco de Souza Evangelista, que não tinha passagem, foi apreendido um revólver calibre 38. Além das armas, foram apreendidos dois carregadores, 19 munições, dois celulares, uma pequena quantidade de entorpecente e R$ 19,00.

Francisco, José e Raimundo Nonato foram autuados em flagrante, por homicídio, associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo. Francisco de Souza Evangelista responderá por porte ilegal de arma e associação criminosa. Contra o menor, foi lavrado um ato infracional por homicídio, associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo. As investigações continuam sendo realizadas pela Polícia Civil e o procedimento segue em andamento na Delegacia Regional de Guaiúba.





Fonte: SSPDS

 

Calendário

Fevereiro 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 1 2 3