Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
DHPP identifica suspeito de ser mandante de crime contra PM da reserva
Qua, 24 de Janeiro de 2018 08:00



A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio de trabalho investigativo desenvolvido pela 11ª delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), identificou o suspeito de ser o mandante do crime que resultou na morte do soldado da reserva PM Petronilo Leonardo da Silva Neto (63). Josivan Alves de Araújo (22), com passagem por tentativa de homicídio e tráfico de drogas, é apontado nas diligências como responsável por fornecer a arma para o menor de 17 anos, autor do disparo.

Conforme investigações da unidade da DHPP designada para apurar crimes contra profissionais de segurança do Estado, o caso foi concluído com o indiciamento de Josivan e com a apreensão do menor. O infrator se apresentou espontaneamente na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), na manhã dessa segunda-feira (22), acompanhado da mãe. O suspeito confessou o crime.

Em depoimento prestado pelo menor às equipes da DHPP e da Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), ele confessou o crime e disse que tinha a intenção de roubar a vítima. Segundo consta em depoimento, ele teria chegado de bicicleta, parado e seguido em direção da vítima. Ainda segundo depoimento do menor, a vítima estava de costa quando ele teria percebido um volume na cintura e um movimento do policial na intenção de reagir. O menor teria apertado o gatilho da arma e disparado contra a vítima. Versão não confirmada pelas equipes policiais que tiveram acesso às imagens de câmeras de monitoramento que flagraram a dinâmica dos fatos.

Para o delegado Renato Almeida, titular da 11ª delegacia, a versão apresentada pelo menor não condiz com as imagens que a Polícia teve acesso. "Na verdade, não se tratou de um latrocínio, as imagens mostram uma execução até porque foi um tiro na nuca e nada foi subtraído da vitima. E quando ele fala que o policial fez um gesto como se fosse revidar, o PM não portava nenhuma arma de fogo no momento do crime".

Na Delegacia da Criança e do Adolescente, foi lavrado um ato infracional contra o infrator, que já possuía uma passagem anterior por roubo. O infrator está à disposição da Justiça para cumprimento de medidas socioeducativas. Josivan foi indiciado por homicídio. As investigações permanecem para descobrir a motivação.

Crime

No fim da tarde do sábado (20), o soldado da PM foi surpreendido pelo menor, que efetuou um disparo na nuca do agente, a princípio, considerado como uma tentativa de assalto. O crime aconteceu na Rua 102, nas proximidades do Polo de Lazer do Conjunto Esperança, na Área Integrada de Segurança 9 (AIS 9). O PM foi socorrido no local e conduzido em estado grave para o Hospital Distrital Maria José Barroso de Oliveira (Frotinha da Parangaba) e em seguida transferido para o Instituto Doutor José Frota, onde veio a óbito.

Denúncias

A Polícia Civil reforça que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na localização do suspeito. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o ‪(85) 3257-8807‬, da DHPP, ou ainda para o número ‪(85) 99111-7498‬, que é o Whatsapp da Divisão, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo é garantido.


Fonte: SSPDS

 

Calendário

Fevereiro 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 1 2 3