Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Polícia Militar apreende duas submetralhadoras e desarticula bando criminoso atuante na RMF
Seg, 20 de Novembro de 2017 10:05
Duas submetralhadoras e mais de 200 munições foram apreendidas pela Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE) na Região Metropolitana de Fortaleza, no município de Maracanaú – Área Integrada de Segurança 12 (AIS 12). O armamento e outros materiais ilícitos foram encontrados, nessa quinta-feira (16), com quatro criminosos envolvidos em diversas ocorrências de homicídio. O caso foi registrado na Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), que já vinha investigando os suspeitos. O resultado da ação policial foi apresentado, nesta tarde (17), em coletiva de imprensa na sede da delegacia especializada.

O trabalho policial que visa à diminuição de homicídios na região limítrofe entre Fortaleza e Maracanaú, no bairro Siqueira e adjacências, levou as Forças de Segurança a intensificarem ações na área, o que refletiu, na noite de ontem (16), na desarticulação de um bando atuante na região. Equipes da Força Tática e do Policiamento Ostensivo Geral (POG) da PMCE capturaram quatro homens suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas e homicídios. Além das duas submetralhadoras e munições, diversos ilícitos foram apreendidos com eles. “Eles fazem parte de um grupo criminoso atuante na região do grande Maracanaú e são o que a gente chama (na linguagem policial) de ‘clínico geral’, no cometimento de diversos crimes”, explica a delegada Patrícia Bezerra, diretora da DCTD. “O material apreendido demonstra a alta periculosidade deles”, continua.

O bando foi interceptado em um imóvel que fica na Rua José Francisco de Araújo, bairro Luzardo Viana, em Maracanaú. Os quatro homens foram identificados como Francisco Renato Souza de Oliveira (27), Paulo Vitor Silva Araújo (18), Guilherme Eurico de Oliveira (22) e Allan Erbe Moreira de Sousa Silva (22), que responde por roubo e tráfico de drogas. Os demais não possuíam antecedentes criminais. Ao todo, com eles, os militares apreenderam duas submetralhadoras, de calibres 9 milímetros e 380; 240 munições de diversos calibres; mais de 1,1 quilo de drogas, entre maconha, crack e cocaína; balanças de precisão; celulares; par de algemas; balaclava; duas capas para colete balístico, sendo uma com capa; além de dois veículos (uma Hilux branca de placas KLU 0010 e um Peugeot prata com emplacamento OCT 5554 – onde os entorpecentes estavam); e outros materiais.

“A operação deu início quando recebemos informações acerca da localização dos indivíduos naquela região”, destaca o tenente coronel Océlio Alves, comandante do policiamento no Maracanaú, sobre o fato de os policiais chegaram ao local após a indicação do paradeiro de pessoas em atitude suspeita. Os presos ainda tentaram reagir, mas logo foram contidos. O bando já vinha sendo investigado pela DCTD pela prática do tráfico de drogas, o que seria a motivação para as mortes das quais eles participaram. Além disso, são suspeitos de casos de roubo a banco. O quarteto e as apreensões foram encaminhados à sede da especializada, em Fortaleza, onde os capturados foram autuados em flagrante por associação criminosa, por opor-se execução de ato legal, mediante violência ou ameaça a funcionário competente para executá-lo, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, tráfico e associação para o tráfico de drogas. Outros comparsas que estavam no local conseguiram fugir e os trabalhos policiais continuam. “Não vamos parar. Vamos continuar ocupando a área e com o apoio do Raio (Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas) – recentemente implantado em Maracanaú”, assegura Alves.

Denuncie

A população também pode ajudar a Polícia denunciando o paradeiro de outros criminosos ou de pessoas em atitude suspeita. Para fazer denúncias, basta ligar para o disque denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), pelo número 181, ou para o 190, que é o telefone da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da SSPDS. O sigilo é garantido.


Fonte: SSPDS

 

Calendário

Decembro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
26 27 28 29 30 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6