Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Abordagens policiais resultam em redução de roubos a coletivos em Fortaleza e RMF no mês de agosto
Ter, 19 de Setembro de 2017 08:37


As intensificações de abordagens a coletivos resultaram na redução de 4% nos crimes cometidos contra transportes coletivos, em Fortaleza e Região Metropolitana, no mês de agosto deste ano, em comparação com o mês de julho. Os dados foram apresentados em reunião realizada, nesta tarde (18), na sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), durante o encontro do Grupo de Trabalho que reúne representantes da SSPDS, das Polícias Civil e Militar do Ceará, do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), da Guarda Municipal de Fortaleza, e da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor). Além de discutir estratégias para manter a redução nos números, o secretário André Costa apresentou o aplicativo interno, Portal de Comando Avançado, criado pela Coordenadoria da Tecnologia da Informação e Comunicação (Cotic) da SSPDS, que auxiliará nos trabalhos policiais.

No mês de agosto, foram registrados 167 casos em comparação a julho deste ano, quando o Sindiônibus registrou 174 ocorrências. As reduções devem-se as abordagens realizadas nas Áreas Integradas de Segurança (AIS) da Capital e da RMF, que integram as ações da Operação Passageiro Seguro. "É um trabalho que impacta diretamente na imagem da Segurança Pública, em razão do elevado número de cidadãos que dependem do transporte coletivo diariamente. Buscamos manter uma queda sempre progressiva, e este resultado vem sendo percebido, mês a mês, desde o momento que intensificamos este trabalho.", salientou André Costa.



Já para Dimas Barreira, presidente do Sindiônibus, é importante destacar o trabalho proativo que vem sendo desenvolvido pela SSPDS. "Além do Ceará, nenhum Estado brasileiro possui essas ações preventivas dentro de coletivos, em razão da problemática da violência em todo o Brasil, que cada vez mais tem demandado reações para problemas que já aconteceram. De forma que não existe uma abertura para traçar ações proativas para crimes dentro dos transportes públicos. E eu sempre tenho defendido que essa mobilização das Forças de Segurança é mais do que justificável, porque 3/4 da população se locomove de ônibus. Então essas reduções ocasionarão, principalmente, a sensação de segurança a população", destacou Dimas, que também é membro da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos.

Aplicativo Portal de Comando Avançado

Durante a reunião, o secretário André Costa e o Coronel Marcos Russo, coordenador da Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (Cotic) da SSPDS, apresentaram o aplicativo Portal de Comando Avançado, que foi criado pela coordenadoria da SSPDS, com o objetivo de fornecer informações gerenciais para a área operacional e administrativa da pasta da Segurança. Desta forma, a ferramenta integrará os serviços disponibilizados para os servidores das Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Pericia Forense. Para os trabalhos de abordagens aos transportes públicos, o aplicativo disponibilizará de dados fornecidos pela Secretaria e também pelo Sindiônibus. A partir destas informações, os profissionais de segurança cadastrados poderão direcionar as ações de forma estratégica, além de fornecer informações ao App, a cada revista a ônibus.

Neste momento, foi desenvolvida a versão do aplicativo para celulares com sistema Android e IOS, com a função de abordagens a coletivos. Os próximos recursos que virão no App são consulta de placa e acompanhamento de S25 (sigla da policia para carro roubado), sistema esse que está integrado com o SIP3W e Alerta Brasil.


Fonte: SSPDS

 

Calendário

Novembro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2