Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Aesp inicia curso de cinotecnia e qualifica policiais para o trabalho com cães
Qua, 06 de Setembro de 2017 13:08


A Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (Aesp/CE), em parceria com o Comando de Policiamento Especializado da Polícia Militar do Ceará, iniciou hoje (05), o 11º Curso de Cinotecnia da PMCE. A capacitação, que prepara o profissional de segurança pública para o adestramento e emprego de cães na atividade policial, conta com a participação de 41 alunos, incluindo policiais militares dos estados do Ceará, Alagoas e Piauí; policiais civis do Ceará e Maranhão; agentes penitenciários; militares do Exército e da Aeronáutica, além de uma oficial da Polícia Nacional do Paraguai.

“São policiais que vão passar por um curso de 45 dias intensos com várias disciplinas onde irão aprender a adestrar cães para fazer a parte de obediência, guarda e proteção. Ou seja, são os cães basicamente que prestam o serviço na Polícia Militar embarcados nas viaturas em operações em presídios e estádios de futebol”, explicou o coordenador do curso, Capitão PM Lutiani Rodrigues.

Durante a aula inaugural, o secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, ressaltou o trabalho realizado pela Companhia de Policiamento com Cães (CPCães). “Essa Companhia apoia a praticamente toda a Polícia nas ações de farejar droga, apoia ao POG (policiamento ostensivo geral), apoia as ações da Polícia Civil também, porque temos vários mandados para cumprir”. Ele também destacou seu compromisso em reforçar esta especializada. “Tem seis anos que não havia o curso de cinotecnia e estamos aqui realizando. Recentemente autorizamos recursos para que pela primeira vez na história adquirir duas viaturas para a CPCães,  já adaptadas para levar dois cães”, declarou o titular da SSPDS.



João Gabriel Peisci é delegado da Polícia Civil do Maranhão e está no Ceará, exclusivamente para participar deste treinamento. “Fazer o curso junto à Polícia Militar do Ceará é um privilégio, a Polícia Civil do Maranhão conta hoje apenas com um cão e um investigador formado em cinotecnia e em faro, e a idéia é ser um multiplicador, tanto na aplicação e no uso dos cães na atividade policial, como no treinamento de outros policiais para enfrentar o crime”, pontuou o aluno.

O curso terá 285 horas/aulas de instruções de adestramento; noções de enfermagem veterinária; criação de canis; armamento, equipamento e tiro policial; noções de busca em mata e ações de faro; controle de distúrbios civis (CDC) e abordagens policiais táticas, entre outros conhecimentos importantes para a atividade cinófila.

CPCães

A Companhia de Policiamento com Cães (CPCães) está incorporada operacionalmente e administrativa ao Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque) e possui em seu efetivo 59 policiais adestradores e 54 Cães que, atuam em ações de busca e localização de materiais entorpecentes e de caráter explosivos, bem como, no apoio do Policiamento Ostensivo em todos os eventos onde se faça necessário o emprego de cães para preservação da ordem pública.

Fotos: Anny Almeida (AscomAesp)

 

Calendário

Novembro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2