Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Primeira-dama visita projetos sociais da Cavalaria da PMCE
Sex, 24 de Março de 2017 21:07

As iniciativas atendem crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade ou com deficiência

A primeira-dama do Ceará, Onélia Leite de Santana, conheceu de perto, na manhã desta sexta-feira (24), os projetos sociais desenvolvidos pela Cavalaria da Polícia Militar do Ceará, em Fortaleza: Cavaleiros do Futuro e Equoterapia.

“Este é um trabalho gigante, que tem um impacto social enorme. Quero parabenizar a equipe e todos que estão aqui todos os dias aprendendo, se desenvolvendo e sonhando com dias melhores”, destacou Onélia.

Ela citou ações realizadas pelo programa Mais Infância Ceará, voltado para o desenvolvimento infantil. Entre elas, a construção e adaptação de espaços públicos para o desenvolvimento infantil como as brinquedopraças, brinquedocreches e as Praças Mais Infância, além das formações de profissionais que lidam com crianças. A primeira-dama ressaltou ainda que o governador Camilo Santana já assinou ordem de serviço para a construção de 56 creches no Estado e que investe na ampliação do sistema de tempo integral na rede de ensino público cearense.

"Temos que trabalhar o preventivo para que as crianças e os adolescentes possam ter um mundo melhor. E eu quero que esse projeto possa triplicar o número de atendidos”, finalizou a primeira-dama.



Os projetos

O Cavaleiros do Futuro possibilita atividades de hipismo, artes, música no contraturno escolar dos alunos, que devem apresentar boas notas e assiduidade no colégio. Os cerca de 100 alunos de 8 a 17 anos são encaminhados pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Combate à Fome (SDSDC) da Prefeitura de Fortaleza, e tem perfil de vulnerabilidade social ou cumprem medidas socioeducativas.

O secretário-Chefe da Casa Militar do Governo do Ceará, coronel PM Túlio Studart, aponta os benefícios da atividade. “O Cavaleiros do Futuro retira as crianças da situação vulnerabilidade às drogas, à violência, do trabalho infantil e da exploração sexual. A criança não aprende só a montar, mas o manejo com o animal”, aponta Studart, lembrando que muitos adolescentes que passaram pelo projeto já foram contratados por hípicas e haras.

A equoterapia atende 45 crianças com algum tipo de deficiência e que têm atendimento terapêutico através da equitação. Nos dois projetos há o acompanhamento de equipe multidisciplinar formada por profissionais de pedagogia, assistência social e psicologia.

Fotos: Marcos Studart / Governo do Ceará


Fonte: SSPDS

 

Calendário

Novembro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2