Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Adolescente tem vida modificada através de projeto da PMCE
Sex, 03 de Março de 2017 08:28

O projeto é uma iniciativa do Sargento Antônio das Chagas Silva( C. Silva) e busca, através do Karatê, retirar jovens do mundo das drogas e da criminalidade.

O papel constitucional da Polícia Militar é realizar o policiamento ostensivo e preservar a ordem pública, entretanto a PMCE reconhece a importância de ações educativas, esportivas e preventivas na vida de crianças e adolescentes. Pensando nessas ações como meio de transformação social, o sargento C. silva, em 2010, iniciou o projeto lutando pela paz que através do Karatê, retiram jovens e adolescentes da marginalidade e ostracismo.

Foi nesse projeto que Maria Luana Maciel dos Santos, 17 anos, iniciou a sua trajetória no esporte e na vida social. Atualmente a jovem é faixa preta 1º dan de karatê, mas Iniciou o percurso aos 11 anos de idade, em novembro de 2010, no projeto coordenado pela Polícia Militar, que tinha o objetivo de garantir a segurança e o resgate de valores éticos de crianças e jovens através da prática de atividades esportivas.

De acordo com a atleta, antes o esporte era só um passatempo, mas hoje se tornou uma filosofia de vida. "Costumo dizer que a doutrina do karatê juntamente com os ensinamentos do professor e sargento C.Silva, contribuíram grandiosamente para minha formação pessoal, já que iniciei ainda muito criança, e em toda minha trajetória, esse acompanhamento foi importante, pois me ajudou a fortalecer valores como o respeito, a disciplina e a prática do bom caráter", afirma Luana.

Todas as tardes, acompanhada de alguns colegas, a jovem tinha o compromisso de treinar. A atleta Participou de copas internas e competições estaduais promovidas pela Federação Cearense de Karatê Interestilos, e com alguns títulos, almejava participar de campeonatos fora do Ceará.

Na primeira oportunidade, a guerreira viajou para Feira de Santana – BA, com o intuito de disputar o norte-nordeste na faixa verde com 12 anos de idade, e felizmente conseguiu o título de campeã na categoria de kumitê. Antes disso, Luana participou do Campeonato Brasileiro que aconteceu em Fortaleza no ano de 2011, onde foi vice-campeã de kata na categoria infantil faixa branca e amarela. O título mais importante para a atleta foi conquistado recentemente no Campeonato Brasileiro de Karatê Interestilos que aconteceu em Indaiatuba – SP, em novembro do ano de 2016. "Com total apoio do professor C.Silva, tive a oportunidade de participar e fui campeã de kumitê na categoria juvenil faixa marrom e preta, campeã de kumitê na divisão especial, e bronze 4º lugar em kata, na estimativa entre 16 a 18 atletas disputando o título.", ressalta a campeã. No total são mais de 50 medalhas dentro de competições internas, estaduais, regionais e nacionais. Futuramente Luana pretende participar de competições internacionais.

O professor C.Silva incentiva seus alunos a serem melhores no dojô, mas principalmente fora dele. "Apesar de todas as dificuldades como a questão de crescer numa comunidade pobre, ou muitas vezes ter uma família desestruturada, ou ainda e pior deles, a falta de investimentos, muitos jovens encontraram no karatê, assim como Luana, uma esperança de vencer esses obstáculos e ser um cidadão de bom caráter que cumpre seus deveres e entende que deve sim lutar pelos seus direitos.", afirma o sargento.

A campeã concluiu o ensino médio na Escola Estadual de Educação Profissional Ícaro De Sousa Moreira com diploma do curso Técnico em Eventos.Posteriormente, foi aprovada pelo SISU na Universidade Estadual do Ceará em 2º lugar de 3 vagas no curso de Filosofia. Ainda nesse ano, continuarei meus estudos a fim de realizar meu grande sonho de ser aprovada no curso de Direito.

Assessoria de Comunicação Social- ASCOM

 

 

Calendário

Novembro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2