Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Lei das promoções: Iniciada capacitação dos subtenentes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros
Qua, 27 de Julho de 2016 18:18

A Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE) iniciou, nesta quarta-feira (27), o Curso de Habilitação de Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CHO PM/BM). A capacitação é um dos requisitos exigidos para a promoção dos Subtenentes ao posto de segundo-tenente e beneficiará 336 policiais e 129 bombeiros.

A aula inaugural aconteceu no Auditório Deputado João Frederico Ferreira Gomes, da Universidade do Parlamento Cearense (UNIPACE) e foi marcada pela palestra “Violência, polidez/cortesia, hospitalidade e ética nas relações interpessoais”, ministrada pela Professora Doutora, Letícia Adriana Pires Ferreira. A docente da Universidade Estadual do Ceará (UECE) há 32 anos com relevantes pesquisas na temática da violência urbana, explica a importância desses conceitos para a atuação dos agentes da segurança pública. “O militar vive em uma situação de muita exposição, tanto midiática, como pessoal, na profissão deles, essa exposição é constante e a interação pessoal é algo extremamente complexo, mas quando a pessoa tem a hospitalidade, a cortesia e percebe a diversidade humana em uma ação de acolhimento, os conflitos podem ser minimizados. Então, fundamentos como a ética e a cortesia são importantíssimos para agregar aos conhecimentos que estes militares têm do cotidiano e fazer uma ação mais acolhedora e é essa ação de acolhimento que contribui para a construção de um Ceará Pacifico e um mundo melhor”, esclarece a pesquisadora.


Durante a solenidade, ao cumprimentar os subtenentes pela qualificação, o secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Delci Carlos Teixeira, destacou a importância daquele momento para a carreira dos militares. “Os senhores e as senhoras ajudaram a escrever a historia da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Ceará, e depois de um longo período, uma longa carreira, uma longa trajetória trabalhando na segurança publica, em prol do povo cearense, hoje vocês estão sedimentando a vitória, nesse momento em que estão para iniciar esse curso de habilitação, e entrar no circulo de oficiais”. Delci Teixeira falou das expectativas das corporações e da sociedade para com os futuros tenentes do oficialato cearense.“Este dia é muito importante para os senhores e as senhoras, mas é importante também para a segurança publica, porque teremos pessoas qualificadas e principalmente, pessoas com uma vasta experiência profissional, e que muito em breve serão os novos oficiais no comando de operações e certamente será um aporte valioso para reforçar a segurança publica do Estado”, pontuou.

O curso será realizado na modalidade semipresencial e abordará em seu conteúdo programático aulas de gestão de pessoas e material; finanças e orçamentos públicos; ética, cidadania e direitos humanos; direito processual penal militar e administrativo; defesa pessoal; armas e munições letais e menos letais; elaboração, gestão e fiscalização de convênios; estatística aplicada a segurança pública; português instrumental e redação oficial, entre  outras temáticas.

Para o policial militar Silvio Wagner Monteiro, que está há 14 anos na graduação de subtenente, participar do CHO e poder ingressar no quadro de oficiais da corporação representa uma grande conquista para a categoria. “Com a mudança da Lei tivemos a possibilidade desse curso que hoje se inicia, e estamos ansiosos, pela busca de novos conhecimentos que irão nos ajudar a chegar nesse posto tão sonhado de segundo-tenente, essa promoção tão esperada que agora finalmente chegou e que nós vamos abraçar com muito fervor”, declarou o militar.

O Curso de Habilitação de Oficiais (CHO) tem uma carga horária de 654 horas/ aula e previsão de conclusão em dezembro.

Lei de Promoção dos Subtenentes
O governador Camilo Santana sancionou a lei especialmente para a categoria no dia 25 de maio de 2016, criando 404 novas vagas no oficialato militar cearense. A lei regulamenta as promoções, garantindo a ascensão na carreira ao longo do tempo. A proposta assegura aos atuais subtenentes a possibilidade de ingresso na carreira de oficial, desde que tenham atingido 20 anos de corporação e pelo menos cinco anos como subtenentes. Após concluído o CHO, os profissionais poderão assumir o posto de 2º tenente, ingressando no oficialato.


 

Calendário

Novembro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2