Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Coronel Comandante Geral da PMCE, Geovani Pinheiro, recebe Medalha Boticário Ferreira da Câmara Municipal de Fortaleza
Ter, 22 de Março de 2016 14:41

Na última sexta-feira (18), foi realizada uma sessão solene na Câmara Municipal de Fortaleza para a entrega da medalha Boticário Ferreira ao coronel QOPM, Geovani Pinheiro, comandante-geral da Polícia Militar do Ceará.

A comenda foi proposta pelo vereador professor Gerôncio Coêlho, aprovada por unanimidade pela Casa Legislativa. A sessão foi dirigida pelo vereador Gerôncio Coelho, representando o presidente da Casa, vereador Salmito Filho.


A mesa dos trabalhos contou com a presença das seguintes autoridades: Secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Estado, Delci Teixeira; Alberto Mendonça, chefe de gabinete da Assembleia Legislativa; Ronaldo Mota Viana, representando o chefe da Casa Militar do Governo do Estado; vereador Gelson Ferraz; e o coronel Austregésilo Rodrigues, coordenador estadual do Proerd. A Banda Major Xavier Torres entoou o hino nacional.


Após receber a Medalha e o diploma das mãos do vereador professor Gerôncio Coelho, o Coronel Geovani Pinheiro disse que foi tomado pelo sentimento de gratidão. “Sou um homem muito grato a Deus. Nasci em uma família muito humilde, em Icó, na localidade Tenente de Barros. Cheguei criança em Fortaleza. Meus pais são referencias em minha vida pelo trabalho e exemplo. Minha esposa e meus dois filhos são a razão de minha vida. Comecei minha vida laborativa aos sete anos. Estudei na Escola Presidente Roosevelt. Trabalhei de 1972 a 1982 na Padaria Padre Cícero, no Parque Araxá. Lembro-me que no ano de 1980 foi um dos mais difíceis, quando meu pai foi acometido de uma doença grave e ele faleceu naquele ano”.


Em abril de 1981 talvez tenha conquistado uma das maiores realizações de minha vida, em termo de posses – eu consegui com meu irmão, após de muito esforço, comprar uma carrinho de mão. E deixei de vender o pão em cestas e passei a vender no carrinho. Em 1982 terminei o 2ª Grau e me alistei no Exército. No 23 BC, um cidadão perguntou aos conscritos que queria fazer o NPOR. Como tinha o segundo grau eu levantei a mão. No dia da prova acordei tarde. Mas consegui fazer a prova. Eram 40 vagas. Fiquei no quarto lugar geral”, observou.

Disse que mais na frente se inscreveu para o CFO, mas não passou. “Depois fui para a Escola de Sargentos. Sai da Rua Padre Graça a pé para o Paulo Sarasate, onde seria realizada a prova. No meio do caminho me vi no meio de um tiroteio e me atrasei para a prova. Os policiais queriam me levar para o Distrito Policial pensando que eu tinha algo a ver com o acontecimento. Mas depois eles mesmo me levaram para o Paulo Sarasate, após explicarem a situação eu fiz a prova e fui aprovado”, asseverou.

“Nos militares passamos mais tempo trabalhando que com família. Em 2015, passei a comandar a Polícia, não é fácil sentar na cadeira de comandante-geral, pois temos muitas demandas e decisões a tomar. Aqui eu volto aos agradecimentos ao Coronel Castro, que me preparou em um ano e três meses para estar aqui hoje como comandante-geral. Faço referencia ao coronel Evandro Macedo Júnior, que nos deixou há dois meses, os demais escudeiros e policiais que me auxilia. Comandar não é mandar mas demandar. A todos o nosso grande obrigado”.


“Agradeço também ao cidadão e amigo torcedor do Grêmio, doutor Delci Teixeira. Temos hoje uma grande equipe na Secretaria de Segurança Pública do Estado do Ceará. Quero agradecer a uma pessoa mesmo ausente que aprendi a admirar e respeitar. Foi o primeiro político que apertei a mão, foi o deputado Zezinho Albuquerque, pessoa que busca contribuir com a segurança pública do estado do Ceará. Ao nosso grande governador Camilo Santana, que vem resgatando a instituição policial militar e aos nossos oficiais aqui presentes.”

“Fortaleza foi a cidade que nasci e me criei. Foi onde tive a oportunidade de me formar. Assim sendo muito me honra receber a medalha Boticário Ferreira a mais alta honraria dessa Casa. Agradeço por meu nome ter sido aprovado pelo plenário dessa casa. Ao vereador professor Gerôncio Coelho e a Câmara Municipal de Fortaleza, o nosso muito obrigado”.

Perfil

Geovani Pinheiro da Silva, nasceu em 20 de outubro de 1963, em Icó-CE, filho de José Ferreira da Silva e Maria Socorro Pinheiro. Entrou na Polícia Militar em 1°. de Março de 1985. Foi promovido a Aspirante a Oficial PM em 23 de dezembro de 1988; 2°.Tenente PM, em 03 de julho em 1989; 1°. Tenente PM, em 24 de maio de 1992; Capitão PM em 24 de dezembro de 1995; Major PM, em 25 de agosto de 2000; Tenente Coronel PM em 24 de maio de 2006 e Coronel PM, em 24 de dezembro de 2011.

Fotos: André Lima

Fonte: Câmara Municipal de Fortaleza


 

 

 

Calendário

Novembro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 31 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 1 2